Mensagens 2017

 

Ano 2017

Mensagens reveladas neste ano.

 


Descarregue as mensagens deste ano, em Livro .PDF   _ (Brevemente)



Mensagem de 1 Janeiro de 2017

Meus filhinhos queridos, nesta Minha primeira Mensagem, deste novo ano, quero recordar-vos que apesar de bem no fundo dos vossos corações encontrardes os vossos mais sinceros desejos de um novo ano cheio de prosperidades, alegria e felicidade, acalentando a esperança de um mundo melhor… Eu quero lembrar-vos que só isso não chega, não é suficiente.

Neste novo dia deste novo ano que agora amanheceu, precisareis também de filhos novos, isto é, de filhos com os corações renovados pela Fé. Muitos dos meus filhos esperam o seu novo ano com festividades. Alguns com tristeza, dominados pelos vícios, mágoas, e sofrimentos. Poucos com oração. Entre tantos que se encontram neste mundo vós sois desses poucos. Que coisa linda meus filhinhos queridos! Procurai, cada ano ser filhos novos, procurai ser os melhores filhos de Deus.

Viestes a este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, a uma peregrinação ao local que Deus escolheu, fazendo penitência, cumprindo a vossa caminhada, que se torna numa bênção para todos os que a fazem com amor, Não viestes apenas por vós, mas pelo Céu. Viestes felizes, vencendo todo o cansaço. Viestes alegres, agradecendo todas as bênçãos que já recebestes e as que ireis receber por serdes servos peregrinos de Deus.

Acreditai que podeis ser filhos novos, fazendo um mundo novo, um mundo melhor, Repito, não basta apenas um novo ano, são precisos também filhos, melhores.

O que é que Eu como Mãe, vos posso dizer neste novo ano? Digo-vos apenas que trago para a vossa vida o alimento mais precioso que é a Palavra de Deus.

E, em que posso alertar-vos? Filhinhos alerto-vos para a necessidade de estardes ainda mais nas mãos de Deus!

Vós sois perseguidos, atormentados e, muitas vezes, caís face a esses tormentos. Quantos de vós não acreditais e duvidais completamente do que Deus pode e do que Deus faz? Por tudo isto neste novo ano faço-vos um pedido de Mãe: -Tende muita Fé. Vós ides vencer muitos e muitos sofrimentos, pela Fé. Passareis por muitas dificuldades e vencê-las-eis pela Fé.

Oh meus filhinhos queridos, podeis esperar um mundo melhor porque Jesus Cristo está lutando por vós, dá-vos conhecimento do que por vezes está esquecido por vós:- O Evangelho, a Eucaristia, a Palavra de Deus, os Mandamentos de Deus.

Neste novo ano, é preciso que os vossos corações sejam consagrados aos Dons do Divino Espírito Santo. É preciso um Povo de Deus sábio. Um povo de Deus que esteja alerta. Alerta ao perigo que está presente na vida do cristão e daquele que serve.

Cristo Jesus olhou para os Apóstolos e disse: Vós ides negar-me! Hoje, quantos negam e continuam negando Jesus? Não sejais desses filhinhos… Peço ao Divino Espírito Santo que vos ilumine e não permita que vos torneis cegos. Tendes de ter sabedoria, porque nem todos os que dizem- Senhor, Senhor… amam e conhecem o Senhor.

Os filhos que verdadeiramente conhecem Deus, são humildes, simples e de corações puros, de almas limpas, de almas sábias.

Deus está convosco, porque se não fosse por Ele, quem estaria aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja? Ninguém Filhos! Quem move os filhos peregrinos aqui presentes? É Deus! Se não fosse por Deus, vós não abraçaríeis uma missão tão bonita – a de caminhar e de oferecer essa caminhada por um ano que encerrou e por outro que se inicia, como forma de crescimento espiritual para os filhos, como meio de conversão para a humanidade.

Se olhardes para o que está acontecendo no vosso mundo, ireis até oferecer de joelhos. Só se vêm guerras, vinganças, mortes… os homens destruídos pela maldade… Os homens já não sabem mais pronunciar palavras bonitas e vivê-las. Estão amargurados pela dor. Eles destroem-se com armas que são: O orgulho, o egoísmo, o ódio, a ira, a ganância, a inveja e a preguiça. Os homens precisariam acordar e perceber que as suas vidas não são apenas, corpos físicos com necessidades, são uma graça de Deus.

Lembrai-vos que os anos passam, mas Jesus Cristo permanece convosco. Muitos já estão na glória Celestial… E vós estais a caminho dessa glória. Outros, facilmente estão se perdendo…

Meus filhos queridos o Mundo precisa passar por uma grande transformação. Jesus Cristo está preparando nação por nação, e hoje, Ele ensina os cristãos do mundo inteiro, a orar verdadeiramente, a se unir com o propósito verdadeiro de ser a Igreja de Jesus que trilha o Seu caminho. Orando pela Santa Igreja, vós ides conseguir de um modo muito especial, a sua unidade. Os filhos dividiram-se, porque a Fé diminuiu, porque o homem centrou a sua Fé no seus interesses e não em Cristo, ou na Eucaristia, ou no Evangelho… Esqueceu a Caridade, a Solidariedade com o irmão. Buscou o seu interesse imediato e pessoal e não a vontade de Deus.

Por tudo isto, filhos, tendes de olhar para o mundo e ter uma visão sábia, não serdes daqueles que querem transformar este mundo com ódio e vingança, mas sim, transformá-lo com amor e perdão.

O homem não tem Paz, porque o homem quer vencer com vingança, e ódio. O homem não quer vencer, dizendo” eu te perdoo, como Jesus nos perdoou.

Meus filhos Jesus disse: Quem não sabe servir, não sabe viver. O homem não sabe servir, por isso o homem não vive. Deixa-se corromper pela ganância, mata por causa das coisas que passam e quando vem uma doença, por vezes acorda, desperta e compreende que nada vale a não ser a sua fé.

Antes de terminar meus filhos queridos, quero dizer-vos que o sinal que deixei nas folhas da mensagem do mês de dezembro, foi o do perfume que Maria Madalena ungiu o Corpo do Meu Filho Jesus Cristo.

Filhinhos, se passardes este perfume, nos lábios, na fronte e no coração, ele tornar-se-á uma Bênção de purificação nas vossas vidas.

Vós, estais recebendo do Céu o Meu Perfume, que será o marco desta minha Aparição no Corgo da Igreja, que vai prepará-los para a chegada do Meu Filho Jesus.

Muitos corações endurecidos serão transformados.

Este Meu perfume é um emplastro que servirá para a cura dos corações perdidos.

Obrigada, obrigada, obrigada Meus filhos peregrinos que viestes peregrinando sobre os passos de Jesus Cristo até junto ao Meu Coração de Mãe.

Obrigada filhos que estais vivendo o amanhecer deste novo ano, e sois peregrinos felizes, porque muitos que esperam um ano novo, não procuram ser filhos melhores.

E a Palavra de Deus vos ensina que o ano, se o homem não procurar ser melhor será ainda mais triste e mais sofrido.

A humanidade não tem plantado o amor e a verdadeira esperança…mas vós, filhos queridos, não viestes só plantar, mas colher do Céu essa esperança e a certeza de que orar pela vossa família, orar pela Santa Igreja, e pelo mundo, com certeza, vos trará um novo ano de muita paz e amor.

Ficai todos em paz filhinhos queridos! Que Deus Pai, Filho e o Divino Espírito Santo, vos abençoem e abençoem também este novo ano, principalmente este meu querido Portugal que precisa tanto de Amor. Ámen.

Até breve Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 



Mensagem de 5 de Fevereiro de 2017

Meus filhos, nesta mensagem as minhas palavras irão ser breves, pois faltam poucos dias para comemorardes as minhas aparições.

No próximo dia 16 de fevereiro, ir-se-ão completar 18 anos desde a minha primeira aparição, e então dar-vos-ei mais uma mensagem.

Peço-vos filhinhos queridos que nestes dias rezeis muito pela Santa Igreja do Meu Filho Jesus, pelo vosso Papa Francisco, pelos Bispos e principalmente pelos Sacerdotes.

Os meus prediletos (Sacerdotes), foram escolhidos para que vós possais estar preparados com muita oração, sacrifício, penitência e confissão, para poderdes sentir o Amor do Meu Filho Jesus, nos vossos corações e, sobretudo poderdes recebê-LO na Eucaristia, na Missa.

Não me vou alongar mais, mas no dia do meu aniversário, irei dar uma grande mensagem para o mundo inteiro.

Com amor, filhinhos queridos, Eu abençoo-vos generosamente.

Ficai todos em Paz, com a bênção de Deus Pai, Filho e Divino Espírito Santo. Ámen

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

 



Mensagem de Nossa Senhora Mãe da Bondade

Festa ANIVERSÁRIO (18º)

Revelada ao irmão Fernando Pires, em 16 de Fevereiro de 2017, no local das aparições (Corgo da Igreja).

Meus irmãos e irmãs, o Céu abriu-se hoje e, numa grande Luz, apareceu um grande coração. Nele, os Arcanjos, Rafael, Gabriel e Miguel, colocaram uma faixa, com a seguinte inscrição: POR FIM O MEU CORAÇÃO TRIUNFARÁ. Veio a seguir Maria, a Nossa Mãe da Bondade, vestida de branco e com um manto cor-de-rosa. Ela trazia nas Suas mãos a palavra de DEUS, que levantou na nossa direção, transmitindo a seguir a seguinte mensagem:

Meus queridos filhinhos, é com grande alegria que vos recebo novamente, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja. Venho com a permissão do Sumo Deus, ensinar-vos o caminho da perfeição e o caminho da Vida Eterna.

Trago nas minhas mãos a Palavra de Deus, que cura, liberta e leva à salvação. Quero que todos vós, crianças, jovens, filhos e filhas, coloqueis em prática a Palavra do Meu Filho Jesus, que tem poder para vos transformar.

Este é um dia de grande alegria, para o meu Coração e para o coração de todos os filhos que me têm sido fiéis, nesta Missão, durante estes dezoito anos em que o Céu vos envia aqui a Palavra de Deus.

Quando no mundo acontece uma manifestação de Maria, o homem, muitas vezes, quer encontrar graças, curas, bênçãos… mas, filhinhos, a maior de todas as bênçãos que podereis desejar encontrar, é a Palavra de Deus. Esta palavra, poderá trazer-vos cura, prosperidade, e até defender a própria natureza… Mas, o mais importante é que só Ela vos pode transmitir força, coragem, espírito de entrega e de oração, que vos ajudem na evolução da vossa vida espiritual.

Eu, hoje, faço-vos um pedido muito especial:

–Em consideração pelos dezoito anos da minha presença aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja peço-vos que caminheis cada vez mais, movidos pelo Espírito Santo. Só o Espírito Santo vos fará vencer as perseguições com a Sua Brisa Mansa. O demónio, neste tempo que a humanidade está vivendo agora, quer guerra, destruição, discórdia e violência. Deus é a Paz, filhos. E só o Espírito Santo poderá transmitir-vos essa paz.

Não vos preocupeis tanto com o vosso ego humano, preocupai-vos sim, com a presença do Espírito Santo em vós, que se deverá sobrepor à mesquinhez do vosso ego. Vós estais necessitados de preparação, mais necessitados de conversão, e ainda mais necessitados de vida na Graça de Deus, para a Sua Glória. Verdadeiramente o mundo precisa da ação do Espírito Santo, e os filhos de Deus precisam estar preparados, para a sua missão, – a de ser presença de Deus, entre os irmãos, invocando sempre o auxílio do Divino Espírito Santo.

Estar preparados hoje, é procurar vencer a tempestade do demónio com a Brisa Mansa  que é o próprio Espírito de Deus e   pela Sua ação. É por isso, filhinhos queridos, que neste local Sagrado, Corgo da Igreja, a minha presença de corpo e alma, se manifesta, e Deus permite que essa Brisa Mansa desça sobre vós. Deus quer a Paz. Deus é Paz. Eu quero-vos, filhinhos, comungando a Paz, respirando a Paz.

Se vós fordes perseguidos por causa deste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, silenciai e vencei os que vos perseguem pela oração. Este lugar, meus filhos, já é um Santuário. O desejo celestial é que no decorrer dos tempos este Santuário cresça em bênçãos, graças e curas. A cura é Jesus. E o céu envia- me, mais uma vez, a trazer  Jesus ao mundo.

Tendes necessidade do amor e temor de Deus. Libertai-vos de tudo aquilo que vos perturba.

Numa das mensagens do ano passado Jesus disse:” Que nada te perturbe” Então que nada vos tire a paz, que nada vos tire a força, que nada possa atingir-vos, filhos. Que o Espírito Santo possa ser a Luz, a vos aquecer, fortalecer, ungir e iluminar.

O triunfo do Meu Imaculado Coração está muito próximo, filhos. Vós estais agora na parte mais delicada da vossa missão, que é serdes responsáveis pelo vosso sim. O vosso SIM foi alicerçado sobre uma rocha imensa que é Jesus. Não podeis deixar que na hora em que Jesus mais precisa de vós, o demónio com a sua maldade e as suas ciladas destrua a vossa confiança em Deus. Filhinhos queridos, vós tendes que confiar, tendes que estar preparados. Quem vem hoje a este Lugar sagrado, Corgo da Igreja, vem pelo Céu, vem pela graça do Céu.

Ainda há corações que questionam este lugar, até mesmo na minha Igreja, que tanto amo. Mas, todos terão que reconhecer que aqui se vive, hoje, um acontecimento real.

As vossas vidas devem estar nas mãos de Deus. O dia e o momento certo em que vós alcançareis mais graças, como a da Eucaristia, isso, pertence a Deus. Pertence a vós, filhos, valorizardes a PALAVRA DE DEUS, que vos conduz a ser cristãos, não pela metade, mas cristãos de entrega, de coração e alma.

Meus filhinhos, onde está o inimigo? Vós pensais que o inimigo está no lado oposto àquele em que seguis, mas muitas vezes, ele se faz, presente no próprio caminho que estais percorrendo. Para vencerdes o inimigo filhinhos, é preciso vencerdes a preguiça, a ira, a inveja e o ciúme. Quando fordes criticados, que nada vos perturbe, lançai-vos nos braços do Espírito Santo, carregai a vossa cruz com paciência, e com amor. Chegastes a estes dezoito anos comigo, Maria, porque, Eu estou aqui presente neste Lugar Sagrado de corpo e alma.

A minha presença aqui trouxe-vos dezoito anos de catequese. Lembrai-vos que o homem sem Deus não teria condições de cumprir uma missão como esta. O homem não saberia amar como precisa amar, entender como precisa entender, aceitar as coisas como precisam ser aceites. Vós desejarias que tudo fosse Santo, mas Deus faz-vos ver o lado pecador, para reconhecerdes o vosso pecado e reconhecerdes Deus, em Cristo, que é o perdão do vosso pecado.

Filhos queridos, vós estais aqui, ouvindo o Céu, recebendo o maior alimento que é a Palavra de Deus, graças ao sim do coração deste filho, que foi escolhido para esta missão.

Para Jesus se fazer presente na terra, Deus serviu-se do meu Coração. Eu estou presente no mundo falando-vos e Deus serve-se de instrumentos, que são filhos humanos, pecadores, para, por meu intermédio, cumprirem uma missão muito grande. Eles merecem o respeito e o carinho de todos vós.

Filhinhos queridos, feliz é a alma que tem sede de Deus. Ver-me com os olhos, não é assim tão essencial, o importante, é caminhar na Graça de Deus. É amar, desejar essa graça e ter sede de Deus. Eu tenho a certeza que muitos filhos que já me viram com os olhos, mesmo se isso não tivesse acontecido, continuariam sentindo sede de Deus e perseverariam na sua missão. Eu valorizo nos lugares onde Deus me envia de corpo e alma, aqueles que são porta-vozes da palavra, porta-vozes do Céu, porta–vozes  do sinal  de Deus.

Falar ao mundo de algo que poucos vêem é muito difícil, meus filhos, tendes que ter muita entrega, boa vontade, confiança e muita fidelidade, principalmente nos tempos de hoje, em que o homem sente grande dificuldade em ver Deus no seu próximo e nem mesmo consegue ver Deus nele próprio.

Estando presente neste Lugar Sagrado, Corgo da igreja, é fácil vermos Deus, porque em tudo aqui, Deus está presente. Quando aqui chegastes, Deus se fez presente nas crianças e nos jovens. A presença do Seu Amor, também se faz sentir na vida dos sacerdotes aqui presentes. São filhos do meu CORAÇÃO que acolheram a Palavra de Deus, e continuam cumprindo aqui a sua missão, de evangelizadores. Os sacerdotes precisam ser de Jesus. Eu sinto grande alegria quando vejo um sacerdote humilde, chegando aos pés de Jesus, reconhecendo ser apenas um instrumento. Tudo o que acontece na sua vida é obra de Jesus. E Eu Maria, tenho a certeza que estes são sacerdotes humildes e são presença de Jesus aqui, neste momento.

O mundo tem necessidade de receber o maior alimento que é a Eucaristia. Jesus disse” Eu farei das mãos dos sacerdotes, mãos santas” E tenho a certeza que aqueles que estes sacerdotes, serão santificados pela sua bênção, pelas bênçãos que Jesus derramou sobre os seus corações.

Meus filhos queridos, antes de dar a minha Bênção, desejo orar convosco a oração do “ Pai nosso” em agradecimento, porque tudo é pelo Pai, tudo é pelo Filho e tudo é pelo Espírito Santo.

De mãos estendidas para o Céu, rezai comigo:

Pai nosso que estais no Céu, Santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no Céu,…

O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. Não nos deixeis cair em tentação, livrai-nos do mal. Ámen

E agora filhinhos queridos, a todos vós que estais aqui presentes, com todo o carinho e amor Eu dou-vos a minha Bênção, na Santidade do Pai, do Filho e do Espirito Santo. Ámen

Eu abençoei carinhosamente, todos os corações aqui presentes, agradecidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, honrados pelos dezoito anos da Palavra e pelo Ensinamento do Céu e os filhos do mundo inteiro.

Que todos permaneçam na Paz, sob a Bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

 



Mensagem de 5 de Março de 2017

Meus queridos filhinhos, foi grande a minha alegria, por ter sido tão bem acolhida, no passado dia 16 de fevereiro, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

Também senti o Meu Coração muito apertado, ao ver que alguns filhos que aqui se encontravam, não estavam em condições de receber o Meu Filho Jesus.

Meus filhos, Eu não venho para criticar nem condenar. Eu venho para vos corrigir, para vos alertar e para vos ensinar o verdadeiro caminho da Salvação. O Meu Filho Jesus Cristo veio a este mundo só por causa de vós, para vos ajudar e guiar até ao Céu. Mas, Meus filhos, para isso, vós tendes que fazer o que Ele vos pediu e tudo o que Ele disse. E vós, não o fazeis… Não viveis o Evangelho. PORQUÊ? Com uma vida tão errada, não santa, e pecaminosa… onde pensais que chegareis, assim? Eu sei que todos quereis ir para o Céu e, isso, é o que Deus, mais quer. Mas ao Céu se chega caminhando na santidade e não no pecado de satanás.

Meus filhos queridos, neste tempo de Quaresma ainda há uma esperança para cada um de vós, vos converterdes. Convertei-vos, convertei-vos, convertei-vos.

Para vosso bem, cada um em particular, fazei um pequeno exame de consciência, fazei-o em silêncio e procurai ver o que Deus tem realizado nas vossas vidas. Procurai amar o Plano de Deus nas vossas vidas e não tenhais a cruz somente como sacrifício, mas  tende-a também como  Fonte de  Salvação.  Jesus morreu por vós e Ele carregou a sua Cruz com o maior amor! Ele transformou toda a dor em amor! E sentiu-se feliz por dar a sua vida por todos vós. Podereis não compreender a Sabedoria de Deus, mas deveis aceitá-la e segui-la, para vencerdes as tempestades da vida, para ajudardes este mundo e, de mãos dadas, prosseguirdes sob a Misericórdia do Senhor.

Valorizai a presença linda de Jesus Misericordioso que hoje, está sobre vós, para vos resgatar e santificar. O sacrifício não deve ser só motivo de sofrimento, mas também de penitência e amor. É pelo Sacrifício que ireis encontrar o Pai, que tanto olha por vós; O Filho Misericordioso, que tanto vos ama e o Espírito Santo, que nunca deixa de iluminar-vos, nunca deixa de ser Luz nas vossas vidas e nos vossos corações.

Meus filhinhos queridos, termino desejando que o amor de Deus, a Sua Graça e o Espírito Santo, estejam sempre presentes nas vossas vidas, e sejam o único canal verdadeiro, que vos conduzirá e vos ensinará a aceitar os desígnios de Deus para vós.

Peço ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo que abençoem e protejam todos os filhos, as famílias, a Igreja, os sacerdotes e, principalmente, as crianças e os jovens do mundo inteiro.

Senti-vos protegidos pelo lindo Coração Misericordioso de Jesus. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

 



Mensagem de 2 de Abril de 2017

Meus filhinhos queridos, começo esta mensagem falando com este meu filho.

– Filho, sei que sofres muito, mas por meio das tuas dores muitas outras almas estão a voltar ao rebanho do Meu Filho Jesus Cristo.

É muito grande o amor que sinto por todas as almas que estão em pecado… e tenho tanta pena delas! Sim, meu filho, muitas almas como tu, sofrem para dar força a outras almas, de modo a evitar que caiam em pecado. Vais ainda continuar a oferecer as tuas dores, por essas almas que estão a mudar.

Filho querido, Eu estou aqui para partilhar contigo essas dores. Vamos os dois sofrer, embora alguns dos meus filhos pensem que Eu não sofro. Eu continuo a sofrer, porque o mundo continua a ser mundo de guerra, e para Mim não há passado, nem futuro. Tudo é presente. Continuo, continuo, continuo a sofrer por este mundo. O meu Coração sofre porque neste mundo não estou gloriosa.

Agora vou dar algumas palavras a estes filhos que se encontram aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

Filhos, no dia de Páscoa, dia em que comemoramos a Ressurreição do Meu Filho Jesus, Eu, Maria, Mãe da Bondade, a Mãe do Amor e da Misericórdia digo-vos: Alegrai-vos Comigo meus filhinhos queridos, porque Jesus Crucificado e morto, ressuscitou com a Sua Glória, Imortal, Impassível, para nunca mais morrer.

Meus filhos, o povo português no mês de Maio, vai receber uma grande Graça, com a visita do Santo Padre, papa Francisco, para despertar o coração da vossa nação. Apesar de vos dizerdes católicos, sois um povo que precisa amar Cristo verdadeiramente, precisais ser uma Igreja viva em festa, para serdes cristãos de coração maravilhoso, numa nação que se sentirá privilegiada. Que bom filhinhos!

Deus deseja que todas as nações, O glorifiquem. Ele concedeu-vos a graça de um Santo Padre, que conduzirá o Seu rebanho. E, neste momento, sois uma nação que se sente privilegiada, por ir receber o Santo Padre, Papa Francisco… Que ele seja para vós um sinal de conversão, pois a vossa nação (Portugal), ainda é uma nação que precisa muito de conversão. Rezai muito pelo Santo Padre, para que Deus o ilumine, e ele possa ser para vós, esse sinal, que vos conduzirá à transformação tão desejada. Pensai na maravilha que seria desta nação, se ela se transformasse! Poderia ajudar o mundo e todas as outras nações sofredoras, a encontrar num passo, essa transformação.

Orai todos, agradecendo a Deus e à Santíssima Trindade, e senti-vos felizes, porque o mundo tem uma porta que leva ao Céu. Essa porta é a Santa Igreja.

Mesmo que encontreis mil dificuldades da parte humana, não podeis deixar de ver o quanto é linda a parte Santa e Divina da Igreja.

Hoje, agradecei a Jesus por todo este mérito. Agradecei-Lhe todas as Graças concedidas, e agradecei-Lhe também por permitir que o Divino Espírito Santo vos ilumine.

Queridos filhos, antes de terminar vou pedir-vos novamente, que reflitais sobre o profundo mistério da Paixão, Morte e Ressurreição do Meu Divino Jesus. Convido-vos, pois, a terdes um sincero arrependimento dos vossos pecados e a voltardes com sinceridade para Deus. Preparai-vos filhos, para a Páscoa.

Não me deixeis triste com os vossos pecados, segui os ensinamentos do Pai e não vos arrependereis. Ele fará feliz, um em particular. Para que essa Felicidade seja constante, limpai os vossos corações do ódio, só assim, tereis uma Páscoa cheia de Paz e Alegria.

Nesta tarde, abençoo de maneira muito especial todos vós aqui reunidos, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, as criancinhas, idosos, os doentes e as vossas famílias, quer se encontrem nos hospitais ou nas suas casas e abençoo ainda, todos os que sofrem no corpo ou na alma.

Meus filhinhos, Eu deixo sobre vós as minhas bênçãos maternas. Eu os abençoo, em Deus, todo poderoso, que nos reuniu neste Lugar Sagrado, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 



Mensagem de 7 de maio de 2017

Meus filhinhos queridos, este mês de maio, vai ser para Mim e para o Meu coração de mãe, um mês de muita alegria, não só pelas graças que Deus sempre nele derrama, mas também pelo amor que recebo de todos os filhos, que sabem corresponder ao grande amor que o meu coração de mãe lhes dedica. Hoje a alegria, a paz e a unidade tomam conta do Meu ser, agradecida a Deus pela honra de ser a Mãe do Rosário, mãe de todos vós e muito especialmente, a mãe Daquele que veio para catequizar este mundo, que precisa tanto de uma catequese divinamente celestial.

É essa catequese que Eu como mãe zelosa peço para os meus filhos: palavra, ensinamento, amor, respeito, fraternidade, oração, penitência e conversão. E este zelo, que Eu, Maria, Mãe da Bondade, tenho por cada um de vós, que sois as flores mais lindas, que Deus criou nesta terra – os seus filhos. Este zelo, é o que Eu também peço às mães de todo o mundo, que tenham pelos seus filhos. O zelo de os proteger, de os conduzir, de os guiar de uma forma digna, verdadeira, com respeito, e temor, em obediência a Deus, no seio da família.

A minha grande preocupação, ao zelar pelas famílias, é a de lhes transmitir a riqueza do Espírito Santo que deverá estar presente no coração dos pais, no coração das mães e no coração dos filhos. E o maior presente que Eu, Maria, Mãe da Bondade, posso ofertar às mães de todo o mundo, é esta presença do Espírito Santo. Na minha alma o Espírito Santo tornou-me Imaculada, fez-me Medianeira, Mensageira, Mãe, Piedosa. Eu desejo que o Espírito Santo também atue em todas as mães e em vós, enchendo-vos de dons.

Filhinhos, quando Eu digo “ Eu sou a Mãe” Eu lembro as Palavras que Jesus profetizou naquela Cruz, quando Ele Me entregou o mundo, e todos os filhos, dizendo: “Mãe, zelai por todos os filhos”.

De modo muito especial, hoje, também, Deus Me concede a honra de ser a Mãe do mundo. Em Fátima, sou a Mãe do Santo Rosário de Fátima, porque foi “O Rosário” o Meu grande pedido na Cova da Iria. Sabeis filhinhos, que o Rosário é que defende o mundo dos grandes perigos? Defende-o da guerra, das doenças, e principalmente das doenças espirituais. É o Rosário que defende a Igreja, defenderá o Santo Padre Francisco que irá estar convosco daqui por uns dias. É o Rosário que defende as nações. É o Rosário que defende a Família. A Oração do Santo Rosário é a arma poderosa dos tempos de hoje, para vencer todas as armadilhas do inimigo. Não é coincidência, é providência, que o dia das Mães, seja hoje. Este Domingo de meditação sobre a presença desta Mãe Celestial no mundo, como Mensageira e Medianeira, está associado ao quanto as mães precisam ouvir as Mensagens do Céu, ao quanto as mães precisam zelar pelas suas Famílias, torná-las santas, abençoadas e consagradas a Deus. As mães de hoje precisam de prudência. Há jovens mães sem consciência do ato de ser mãe. Há crianças abandonadas, se amor, sem carinho e sem respeito. O sofrimento no mundo é grande, principalmente nas famílias, e é por isso, que Eu peço sempre ao Espírito Santo que desça sobre o coração das mães.

Nós vemos, que muitas mães não têm a proteção paterna, não têm a proteção da família… Isto, porque tristemente a família está morrendo, está deixando de existir. E hoje, muitas filhas que se sentiram abandonadas e que já são também mães, fazem o mesmo, abandonam os seus filhos, desprezando-os. E isto não acontece  só no momento do nascimento, não, filhos! Às vezes, até acontece no momento em que eles estão a ser gerados. Esse desprezo manifesta-se tristemente, no ato do aborto, quando violentamente, a mãe mata o filho. É muito triste! Hoje isto acontece muito no mundo. É por isso, que nós precisamos pedir ao Espírito Santo que esteja presente no coração de todas as mães, porque a mãe é a única que pode impedir o ato de matar uma criança inocente, no momento em que ela depende completamente do seio maternal para viver.

Para combaterdes esse sofrimento, para superardes o mar de dor, que vos quer submergir, é preciso pensar na Misericórdia de Deus e unir-vos em oração.

Todas as mães, precisam ser responsabilizadas, precisam ser tementes a Deus, respeitar a vida, ser realmente obedientes aos mandamentos, ter o Espírito Santo, porque Ele é o Único que não as deixará vacilar. O Espírito Santo é a Luz de Deus Completa. Ele é Deus. Se o invocardes, se Lhe pedirdes ajuda, Ele não vos permitirá que concretizeis a crueldade e a violência que praticais contra tantos inocentes que estão aí lutando para viver.

Hoje, com o é o dia das mães e o dia em que o mundo se coloca face ao Meu Coração Imaculado, Eu quero pedir ao Espírito Santo que desça para dar a Unção a todas as mães, peço-Lhe que traga a Misericórdia aos corações maternos, que não permita que as mães vacilem e cometam mais erros. A Sagrada Família irá abençoar, neste momento, todas as mães do mundo inteiro e principalmente as mães que estão aqui presentes e também  os seus  filhos.

Alegrai os vossos corações, vós, jovens mães, Deus vos deu este presente de poder ter um filho. Vede agora o quanto a vida para vós mudou. O que é que para vós, agora que sois mães, tem mais valor na vida? Vós, já não vos ligais a certas fantasias do mundo, não tendes tantas ilusões, sois mais realistas. Precisais ser verdadeiras MÂES. Os vossos filhos precisam ser conduzidos por uma Mãe Forte, por uma Mãe Guerreira, por uma Mãe com Espiritualidade.

Não esqueçais que existem já muitas filhas que têm a sua mãe junto de Deus. Que já foram criaturas escolhidas, escolhidas como flores para estarem junto do Pai. E também existem muitas mães aqui na terra que estão hoje pensando naquele filho que já está junto do Pai. Essas mães brilham, porque possuem a graça de sorrir e ao mesmo tempo chorar. Uma mãe sempre espera que um filho esteja ao lado dela, e que ela vá ao encontro de Deus primeiro do que o filho. Esse exemplo, Eu, Maria, posso vos dar, porque Eu vi Jesus morrendo por vós! Naquele momento Eu, Maria, desejava estar no lugar de Jesus, mas era Ele o Cordeiro de Deus, era Ele o Enviado do Pai. E Eu, Sua Mãe, aceitei, com toda a sabedoria, o Plano de Deus a realizar-se na minha vida.

Lembrai-vos também, dessas mães que hoje, neste dia, nesta tarde, ao olhar para o dia das mães, estão sentindo essa carência. Que Deus lhes dê força e coragem para seguir e a certeza de que tudo é do Pai, tudo é do Pai! Todos nós somos do Pai. Estais aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da igreja para realizar a vontade do Pai, nas vossas vidas. Não é à toa que Deus fez a mãe, o pai, o filho. Não é à toa também que Deus fez uma Igreja e a essa Igreja Ele concedeu a unção do Espírito Santo. Vedes essa unção através do Santo Padre.

Todo o cristão acredita verdadeiramente na luz do Espírito Santo atuando na Igreja e no Santo Padre, para que ele possa conduzir as nações do mundo. O Papa é um Canal de Deus. A sua voz, as suas palavras são respeitadas, elas causam respeito, aos filhos que têm temor a essas palavras. O homem por mais que diga: “Eu não creio”, ele sabe que lá no fundo do seu coração, existe uma chama, existe uma luz que ele precisa valorizar.

Antes de terminar esta minha Mensagem, vou dirigir umas palavras a este Meu filho:

– Filho, no dia da tua cirurgia, o Meu Arcanjo Rafael estará lá perto do médico cirurgião. Não tenhas medo porque vai correr tudo bem.

Termino desejando parabéns a todas as mães, a todas as famílias, a todas as religiosas que são mães espirituais. Que Deus abençoe, proteja, guarde e ilumine todos estes filhos que hoje estão aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, que Eu com tanto carinho e Amor estou abençoando. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

 



Mensagem de 2 de Julho de 2017

Meus filhinhos queridos, começo esta mensagem dizendo-vos que Eu, Maria, não dei uma mensagem no mês de junho, porque este meu filho estava a sofrer, não pela cirurgia, mas sim, por oferta de sacrifício, pelos pecadores deste mundo. Muitos filhos não acreditaram na minha mensagem do mês de maio, em que dizia que a cirurgia ia correr bem. Esses filhos não têm Fé, porque duvidaram da Minha Palavra.

Hoje, venho ao vosso encontro, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, com o coração cheio de alegria porque presenciei no dia treze de maio, na Cova da Iria, representantes de bastantes nações para receberem com muita Fé, o vosso Papa Francisco. Continuai assim, meus filhos, com essa grande Fé. Não deixeis de rezar pelo Santo Padre, o papa Francisco, pela Igreja, pelos bispos e sacerdotes, porque eles vão precisar muito das vossas orações.

Hoje, meus filhos queridos, aqui presentes, tende sabedoria e humildade dentro dos corações, porque é muito importante que vós tenhais humildade nos vossos corações, mesmo que, muitas vezes, as dificuldades e tribulações do dia-a-dia vos impeçam de cultivar a vossa humildade e a vossa simplicidade. Na verdade, só homens simples conseguem ver Deus, sentir Deus, e amar a Graça de Deus em si.

Eu, como Mãe de toda a humanidade, quereria ver no mundo corações que se unem para construírem no amor as Famílias, mas sinto, que vos falta ainda muito para alcançardes com êxito o objetivo de possuirdes famílias que se amem verdadeiramente, que se respeitem, e tenham a sabedoria e a compreensão necessárias à vivência em comum.

Hoje os homens não sabem dialogar, silenciar e corresponder ao que lhes é solicitado, não se contentam só com o possível, nem aceitam modificações que os possam transformar. Muitos, só conseguem ver a parte externa da vida, o que os olhos enxergam, o que as mãos tocam. Não conseguem ver o que de mais precioso têm na vida, que é o seu interior, como por exemplo, sentir Jesus no vosso coração, amar e abraçar esse Cristo que vive dentro de vós, ter a certeza de que Ele é o maior alimento da vossa vida e da vossa alma…

Existem muitas almas que têm grande dificuldade em encontrar Deus, e estas almas estão sofrendo devido às fortes tribulações de hoje. Essas tribulações estão levando famílias, jovens e crianças a viverem o desespero do sofrimento espiritual, que é o sofrimento que a humanidade vive nos dias de hoje, porque estamos no final dos tempos. Por isto, filhos, vós estais sendo chamados por Jesus a terdes um coração humilde e forte, a procurardes uma preparação digna, para poderdes olhar para este mundo e saberdes qual a melhor forma de vencerdes o sofrimento; e, a melhor forma de o vencerdes, é não deixardes que ele vos domine. Vós, não podeis deixar que os julgamentos vos levem à tristeza, que outros irmãos venham prejudicar-vos. Vós tendes uma missão, para a obra de Deus. E toda a missão é boa, se construída com Cristo e para Cristo. O demónio persegue-vos constantemente, mas não permitais que as perseguições, vos abatam. Levantai-vos, lembrai-vos das palavras de Jesus quando Ele disse: –“Se vós quereis ser daqueles que seguem o Meu caminho, renunciai a tudo, segui-me. Abraçai a Cruz e amai essa Cruz.” Não podeis querer estar com Cristo e caminhar na construção do Reino Celestial, sem carregar a vossa Cruz. Essa Cruz é testemunho vivo de que Cristo tem construído em vós uma fortaleza, e o que Cristo realmente quer de vós, é que tenhais um coração forte. Essa Cruz será a prova viva de que estais no caminho certo, estreito, pesado, onde a jornada é sempre constante, mas nela, Deus está sempre presente.

A humanidade, está a perder os seus valores. As pessoas não valorizam mais a Família, não se respeitam mais como Famílias, não se amam mais como Família.

O maior pilar da vida que é o amor está a perder-se. O que adianta aparentemente o mundo ter tudo o que diz respeito à satisfação da carne, se as pessoas hoje não têm paz para viverem dentro das suas casas? Onde está o valor da Família se os pais não souberem conduzir os seus filhos da forma mais sábia? Eles ignoram as maiores necessidades dos filhos, tentam dar-lhes tudo, menos o que eles mais precisam, que é amor. Que vale o mundo sem amor? O que vale possuir bens, possuir tantas e tantas grandezas materiais se não tiverdes amor? Meditai nas Palavras de Jesus quando Ele diz: “ O Amor basta” Quem na verdade não souber amar, não conhece realmente a essência da vida, porque ela está no amor. Deus deu-vos a vida por amor, colocou-vos neste grupo, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, porque vos ama, ama o mundo, e deseja que por vós ele seja construído e restaurado.

Vós não podeis ter medo. Vós tendes uma grande missão. Estais aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, para cumprir essa missão e tendes um grande objetivo: Caminhar sempre de acordo com a vontade de Deus. Não podeis negar o quanto o Céu, hoje, vos fala forte: “Mudai os vossos atos, correspondei com mais sabedoria, nas vossas ações”.

Existem filhos que têm determinados Dons, mas não têm humildade para colocá-los ao serviço do plano de Deus. Vós tendes ainda muita coisa para construir em vós. A Graça do Céu, transformará a vida de cada um, que aqui está neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja. Podereis sentir essa transformação, em cada mensagem que escutais, e que cai nos vossos corações, fica aí presente, e faz fluir em vós os frutos celestiais da vontade de Deus. Deste modo, filhos, ides sempre despertando e crescendo espiritualmente. Vede como na vossa vida Deus vos incita ao trabalho missionário. Sede pacientes, mansos e humildes com os vossos irmãos. Por vezes, eu sei que o vosso grande desejo é simplesmente dizer – Eu não tenho forças para carregar essa Cruz… mas aí Jesus mostra-vos que Ele não dá uma Cruz, sem que tenhais forças para a suportar.

Sim, filhinhos, vós tendes essas forças. Basta amardes a vossa Cruz e jamais podereis abandonar a vossa missão.

Deus está a dar-vos uma missão muito séria. Vós tendes uma caminhada a fazer, e Ele vos concederá uma força muito maior do que o peso da vossa Cruz. Assim, meus filhos queridos, tereis mais sabedoria e estareis mais atentos às coisas de Deus.

O homem não consegue mudar a sua vida se só tiver visão das coisas péssimas e ruins. Deverá parar e meditar: – “ eu estou construindo um mundo de Paz, eu estou lutando para ser um homem melhor. Com isso, eu farei da terra um lugar melhor”.

O homem precisa desenvolver estas ideias. Ele, até poderá estar no caminho de Deus, em oração, mas, simplesmente, ele está vazio, porque ele se retrata no mundo. O mundo, que hoje só mostra violência, injustiça, onde as pessoas estão sofrendo as consequências de abandono e miséria, de doenças, etc. Não olheis para o mundo, o mundo é pequeno demais.

Mas, e se o homem olhar para Deus?…

Filhos, vós sois muito mais valiosos do que qualquer bem que o mundo tenha. Olhai para Deus e vede o que Deus faz e fez por vós.

Termino meus filhos queridos. Eu abençoo-vos com todo o Meu Amor. Fiquei muito feliz com este momento de oração, com a presença de todos os corações aqui reunidos neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

Pela graça de Deus, pela Sua Bondade, suplico à Santíssima Trindade todas as Graças necessárias para que vós possais cumprir a missão, que o Céu vos confiou.

Filhos, deveis suplicar a Deus sempre, não só por Portugal, mas pelo mundo inteiro, pedindo a Jesus que Ele tenha compaixão e piedade dos homens, principalmente que Ele seja a Luz para aqueles que se encontram nas trevas do pecado.

Que o Pai, o Filho e o Divino Espírito Santo vos abençoem e vos protejam. Esta bênção é especial para o sacerdote que vos acompanha nesta missão, que Deus o proteja, ilumine e guarde sempre, porque hoje só o Céu pode guardar-vos e defender-vos de todos os males presentes.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 



Mensagem de 6 de Agosto de 2017

Meus filhinhos queridos, hoje vamos viver este momento de oração, este momento de alegria e de louvor, com grande amor por Jesus Eucarístico. Agradeçamos a Jesus este lindo dia, esta linda tarde, e a presença de todos os corações que hoje aqui estão neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, Vós sois escolhidos por Jesus e chamados a caminhar, e Ele é o vosso caminho. Alegrai-vos por saberdes que Ele vos trouxe aqui, hoje, para alegrar o Seu coração. Ele faz em vós lindas obras e quer conceder-vos a maior de todas as bênçãos, que é a santidade.

Agradecei a Jesus, neste momento, presente no meio de vós, e pedi-lhe de modo muito especial, pelas vossas necessidades. Cada um, no silêncio do seu coração, acredite, peça com fé sinta a emoção do seu pedido e a Graça lhe será confiada. Muitas vezes, vós estais perto de Jesus mas, ao mesmo tempo tão distantes… isto, porque vós estais diante Dele, mas não sabeis como fazer chegar a Jesus os vossos pedidos …Num lugar de oração, num domingo de oração dirigi-vos a Deus com sentimento. Isso, permitirá ao Espírito de Deus responder-vos de acordo com o que sentis no vosso coração. Deus é uma inteligência que reage intensamente às emoções humanas. É por isso que deveis sentir o que pretendeis, com o sentimento de que a vossa prece já tenha sido atendida e realizada. Assim, verdadeiramente, estareis nas mãos de Deus. Dai-lhe a conhecer as vossas necessidades muito urgentes, a vossa família, os vossos filhos…

Os jovens e as crianças, estão precisando de cura interior, de libertação, de exorcismo, porque hoje são muitos os ataques do demónio. O mundo ficou louco, as pessoas já não se respeitam mais. Estão tão envenenada com os seus maus pensamento que são dominada pelo mal. Daí as situações insólitas que acontecem diariamente: Assaltos, roubos, violência, etc. Tudo isto justifica a necessidade de exorcismo.

Meus filhos queridos, hoje, essa necessidade é muito grande, porque os ataques do demónio, são muito fortes na vida dos meus filhos, principalmente no que diz respeito ao ato de ver, ao ato de ouvir e de falar.

No vosso Batismo meus filhos, recebestes a Luz, a Luz que vos traz a vida, e quando ides caminhando necessitais de permanecer nessa Luz. Há um caminho que vos conduz à Luz, mas existem milhares que vos afastam dela. Há filhos que são enganados pelos olhos, pela forma de ouvir, e nem sempre o que vós ouvis agrada ao vosso coração, ou é bom. Há filhos que ficam sempre muito furiosos quando escutam algo que não gostariam de ouvir. Vós viveis muitas vezes, sem direção espiritual, em função apenas do vosso sistema de organização, sujeitos à crítica, ao sabor dos acontecimentos. Jesus disse: “Vós tendes que escutar aquilo que realmente vos traz paz. Se vós enxergardes uma coisa que vos tira a paz afastai-vos: afastai os vossos olhos do que estais vendo. Se escutais algo que vos tira a paz, afastai os vossos ouvidos daquilo que estais escutando. E se estais falando algo que está prejudicando a vossa paz, então calai-vos, silenciai”. Permanecei sempre atentos, mesmo quando estais na casa de Deus ou num lugar de oração como este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja. É nestes lugares que o demónio mais tenta atacar, até quando estais diante da Eucaristia e duvidais da presença de Jesus. Vigiai e orai, meus filhos. Quantos são os Sacrários do mundo, nos quais Jesus está esperando por vós? Quantos são os lugares em que podeis viver um dia de oração e de retiro espiritual, como nesta tarde de hoje? Estar aqui neste Lugar Sagrado. Corgo da Igreja, por poucas horas que sejam é um retiro Espiritual, é um refúgio, Jesus diz:

“Nos tempos de sofrimento vós necessitais de refúgios”. E é muito importante saber que o próprio Jesus nos abre o Seu Coração para nos dar um Refúgio. Quem vem este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, está no coração de Jesus, sendo protegido contra todos os ataques e ciladas do demónio, Jesus também diz: “O mundo precisa de Luz, tem a Luz mas, muitas vezes prefere as trevas”. Daí a necessidade de termos um coração iluminado, ungido, abençoado e muito grande. Eu tenho a certeza, que hoje, Jesus preparou-nos, tornou-se o caminho e trouxe-vos ao Meu Coração Imaculado de Mãe; Primeiro, para abençoar-vos filhos, depois para conduzir-vos ao maior alimento do mundo que é a Palavra de Deus, dar-vos condições de viverdes a Sua Santa Vontade. Vós ides sair daqui, muito mais leves, felizes e abençoados. Valorizai as Bênçãos do Céu. Por mais que o demónio queira confundir-vos, não o permitais. Deus é maior e Ele vos ama, está convosco e vos ajudará a seguir em frente em todos os momentos. Principalmente os difíceis.

Meus filhos Eu abençoo a Santa Igreja e os sacerdotes, desejando-lhes a Paz. Que o Espírito Santo, o Papa Francisco, para que ele seja um instrumento do bem e da paz. Eu também vos abençoo a todos e digo-vos que fiquei muito feliz com a vossa presença, aqui neste Lugar Abençoado, Corgo da Igreja. Entrego-vos a todos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

 



Mensagem do Irmão Fernando Pires

Portimão, 3 de Setembro de 2017

Meus irmãos e irmãs,

Antes de começarmos a nossa oração (o terço), dirijamo-nos à nossa Mãe, a Virgem Maria, Mãe da Bondade, com a oração do Ângelos. O caminho de Maria rumo ao Céu começou com aquele “Sim” pronunciado em Nazaré, em resposta ao mensageiro Celeste que lhe anunciava a Vontade de Deus para Ela.

Na realidade é justamente assim: Cada “Sim” a Deus é um passo rumo ao Céu, rumo à vida eterna. Deus quer que todos os seus filhos tenham vida em abundância. Deus quer todos Consigo, na Sua casa.

Neste mês de setembro rezemos a oração “Ângelos”, pelas vítimas da guerra e seus familiares, pelos feridos e doente e por todos os que sofrem. Rezemos também pela Paz, pelo diálogo, pela reconciliação e controlo de todos os governantes das nações.


ORAÇÃO

O Anjo do Senhor Anunciou a Maria.

E Ela concebeu do Espírito Santo.

Avé Maria cheia de Graça, o Senhor é Convosco, bendita sois vós entre as mulheres, bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen.

Eis aqui a serva do Senhor.

Faça-se em Mim, segundo a Vossa Palavra.

Avé Maria, cheia de Graça, o Senhor é Convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen

E o Verbo se fez carne.

E habitou no meio de nós.

Avé Maria, cheia de Graça, o Senhor é Convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.

Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Ámen.

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo,

Oremos.

Infundi senhor, a Vossa Graça nas nossas almas, nós Vos suplicamos, para que pela Anunciação do Anjo conheçamos a Encarnação do Vosso Filho, pela Sua Paixão e morte na cruz sejamos conduzidos à Glória da Ressurreição, pelo mesmo Jesus Cristo, Vosso Filho que é Deus Convosco na unidade do Espírito Santo. Ámen.

 



Mensagem de 3 de Setembro de 2017

Meus queridos filhos, estou tão feliz… Hoje, as minhas lágrimas não são de tristeza, mas de felicidade. Felicidade por sentir e saber, que este lugar sagrado, Corgo da Igreja, é de Jesus Misericordioso.

Jesus Misericordioso, é tudo para cada um de vós. Quando vós orais, eu oro junto convosco, e coloco nas orações, os lugares da face da terra, mais necessitados da Misericórdia de Jesus.

Meus filhos queridos, Jesus lutou e luta muito para que a sua Misericórdia seja espalhada pelo mundo. Eu vejo a sua alegria, nestes anos de caminhada convosco, principalmente neste ano, dedicado à Paz, às vossas crianças e sinto-me maravilhada, porque Jesus Me deu a honra de conduzir este pequeno exército.

Hoje, o que encantou muito a Minha Alma, foi ver -vos a rezar o meu Terço enfrentando este grande calor, e alguns, pela primeira vez… Queria que oferecessem este sacrifício a Deus. Ele aceita o vosso sacrifício, porque o mundo precisa de sacrifícios. E, se estais num lugar como este, que vos proporciona uma ocasião de fazerdes algum sacrifício, aproveitai o momento e oferecei com alegria esses sacrifícios.

Este vale do Corgo da Igreja, este pequeno Santuário, fez-vos viver hoje, um dia de sacrifício e de adoração a Jesus. Venceis o calor, o cansaço e adorais o Coração de Jesus Misericordioso. De todo o Coração, digo-vos, que já tendes vivido júbilos na terra… Lembrai-vos de Santa Faustina. Ela que teve a Graça de ver Jesus Misericordioso, a Graça de ouvi-Lo e o privilégio de saber que Deus iria fazer uma obra lindíssima na terra, para o triunfo do Meu Imaculado Coração.

Meus filhinhos queridos, entrego esta Obra a vós, a pedido de Jesus e de Santa Faustina. Peço-vos que vos consagreis, à Misericórdia de Jesus, para que em Portugal, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, seja divulgado Jesus Misericordioso. Se o fizerdes, recebereis diretamente de Jesus coisas lindas. Sinto-me honrada ao dizer-vos isto. Sabei que a partir de hoje, essa Graça ser-vos-á concedida. Todos os peregrinos que com muita Fé chegarem aqui, a este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, senti-la-ão. E ao difundirem essa Misericórdia irão alcançar Graças belíssimas para as suas vidas. Neste momento, Jesus manifesta- se, na brisa mansa, no vento leve que passa. (1) Eu filhinhos, louvo Jesus, porque Ele fará deste pequeno Santuário, um lugar de grande divulgação da Misericórdia Divina.

Parabéns, parabéns, parabéns aos filhos que aprenderam a ouvir os pedidos desta Mãe. Digo-vos mais uma vez – Fazei tudo o que Jesus vos pede. Agora, Jesus pede ao mundo: – “Divulgai a Minha Misericórdia”.

Pensai em Jesus abrindo o Céu e derramando essa Misericórdia no meio de vós. É essa Misericórdia que Jesus está tendo convosco.

É uma Misericórdia sábia, serena e justa. Jesus é o grande detentor da sabedoria. Ele mostra o erro. Ama o pecador, mas detesta o pecado. Muitos filhos acham que Jesus é Misericordioso demais. Sim, mas ama-vos. Se vós estais cometendo um erro grave, se estais ofendendo Deus, deveis lembrar-vos de que Jesus vai detestar o que vós estais fazendo. É importante que pareis e reflitais. Refleti sobre a situação do mundo, e a condição humana se tornará clara. Se vós não obedecerdes às leis de Deus ireis sofrer amargamente. Quem luta pelas coisas de Deus com transparência, pode sofrer, mas vai ser feliz. Vai ter alegria, vai sentir-se completamente satisfeito. A sua Alma vai sentir-se alegre, feliz. Mas quem for desobediente, vai sofrer como a natureza está sofrendo.

Filhinhos queridos, Jesus mostra-vos que Ele é a Luz do mundo. Quem segue a Luz do mundo, segue a luz da vitória que é Jesus. Se quiserdes ser vitoriosos, receberdes Graças, pertencerdes a Cristo que está aqui na brisa mansa que passa, precisareis da Eucaristia e de oração. São as grandes forças que tendes na terra, meus filhos. A Eucaristia e a oração são Misericórdia de Deus para o mundo.

Meus filhos queridos, Eu sou a vossa Mãe e a Mãe de Jesus. Estamos todos a lutar pela Paz no mundo e pelo triunfo do Meu Imaculado Coração. Quando vos reunis, aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, em oração, desde o primeiro momento, o Espírito Santo, habita neste lugar. Este pequeno vale cercado pelas montanhas, pelo verde dos campos e das árvores, foi escolhido para que a Minha presença aqui, como Mãe da Bondade, vos conduza a uma vida de fraternidade, amor e oração. Refleti sobre o que precisais mudar nas vossas vidas…

Vós, peregrinos trazeis sempre um pedido, um agradecimento e Deus olha por todos vós e sabe do que estais precisando. Aceitai a catequese que estais recebendo. Vós deveis conhecer o valor da oração, da Eucaristia. Hoje é o dia do Senhor, da Santa Comunhão com Jesus. Todos os dias são importantíssimos, mas o dia do Senhor é um dia de reflexão maior. Isso não significa que os demais não sejam importantes…Quem vive bem este dia de hoje na presença do Senhor, viverá todos os outros dias da sua vida sob a graça do Senhor.

O mundo está tendo a presença de Maria na terra, por meu intermédio está recebendo ensinamentos, catequese. Vós estais tendo a graça de aprenderdes com os ensinamentos que vos chegam diretamente do céu. Da vossa parte, o que vos está faltando? Está-vos faltando a vontade de viver o que Deus vos pede. Depende de cada um, fazer o que Deus deseja. – “renunciar ao pecado”.

Nesta mensagem de Catequese, Jesus diz-vos: .

– ”Ser Santo é viver uma vida longe do pecado”.

Eu pergunto-vos, filhinhos. Será que vós estais dispostos a viver essa vida? O Senhor tem-vos chamado a essa vida de Santidade para que o mundo seja um mundo melhor, para que as famílias sejam famílias melhores, para que a juventude seja uma juventude saudável. O pecado é uma doença. Se vós cometeis o pecado, estais espiritualmente doentes. Mas, não há defeito que não possa ser vencido pela oração do terço, pela oração feita como Eu ensino. O terço, é uma oração, para entregar ao Pai, feita só por amor, sem ideias preconcebidas, sem intenções veladas, sem olhares rancorosos ou ressentimentos, sem olhares de discriminação. Na oração, olhai só para Deus e para mais ninguém. Uma oração apressada, feita a correr, não é doce, não é apresentável ao Senhor. Aprendei a rezar devagar, muito devagar. Se não tiverdes tempo de rezar mais, rezai menos, mas o pouco que rezais, rezai bem. Lutai por rezardes bem. Neste campo tereis sempre lutas, uma vez que o vosso inimigo sabe os benefícios que vos vêm da oração bem feita. Ele procurará sempre impedi-la, distraindo-vos de mil maneiras. Lutai contra isso, procurando ter atenção e não pressa. Eu tomo sempre parte, numa oração bem feita, que pacifica e enche de amor o coração. Habituai-vos a pedir a minha bênção, depois de rezardes o terço, e podeis ter a certeza de que nesse momento vos abençoarei e vos darei forças novas para resistirdes às tentações. O terço é uma arma poderosa contra as tentações.

Antes de terminar esta minha mensagem, queria pedir-vos um minuto de silêncio. Neste silêncio vós ides adorar Jesus, amá-Lo, glorificá-Lo, bendizê-Lo. Quando receberdes a Eucaristia, dizei a Jesus, no silêncio, o quanto vós quereis a Sua Misericórdia para o mundo. Este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja é de Jesus Misericordioso, vós estais aqui por esta Misericórdia. Pela Misericórdia de Jesus venceremos a dor que está sobre a terra. O mal será vencido. Nós venceremos em cada conta do Santo Rosário que vós orardes, meditardes e refletirdes. Quando vós orais verdadeiramente, venceis o demónio. A grande vitória das pessoas na terra vem pela oração.

Eu abençoo-vos a todos e digo-vos que estou muito feliz com a presença de todos vós aqui neste lugar abençoado, Corgo da Igreja. Retornai, às vossas casas com a bênção de Deus. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 


ORAÇÃO do dia 3 de Setembro de 2017

Meu Deus, Eu peço a cura para as crianças que estão doentes.

Peço que o Espírito Santo cuide do coração das crianças de pais separados.

Que coloque alegria e ânimo nas crianças que estão passando por tristeza e depressão.

Que cuide das crianças que são usadas por Deus para levar a Sua Palavra às escolas e para os amiguinhos que ainda não conhecem Jesus.

Senhor cuide das crianças de todo o mundo.

Eu Vos agradeço em nome de Jesus Cristo.

Ámen.

 



Mensagem de 1 de Outubro de 2017

Meus filhos, rezai, rezai, rezai muito pela Igreja do Meu Filho, o cisma aproxima-se a passos largos, a confusão dissemina-se e o demónio aproveita este momento. Rezai também, meus filhinhos, pelas nações que estão em guerra. Serão presa da dor. A Natureza abalá-las-á e a água inundá-las-á. Meus queridos filhos, o mal precipita-se sobre essas nações, aproveitando a escuridão para preparar as suas ações. O sofrimento é a meta do mal. O terrorismo vive cada momento, alimentando-se do resultado da sua ação. Rezai pelo mundo, filhos queridos. O seu solo vai atrair muita dor, o caos está a instalar-se e levará aquelas nações a perderem a paz.

Filhos, o Meu Coração Imaculado, apela-vos à conversão, clamai pela Sabedoria do Espírito Santo em vós, clamai pelo dom do discernimento para que as novas notícias não vos levem à confusão. Estou a alertar-vos sobre o que vem aí, para o vosso mundo, mas não vos deis por vencidos. Continuai atentos e alertai os vossos irmãos para que regressem ao caminho do Evangelho. Não deveis esperar que os organismos designados para proteger a terra, os alertem com a verdade sobre as ameaças que se aproximam provenientes do universo.

Vós deveis caminhar tentando cumprir a Vontade do Meu Filho Jesus, Sede filhos novos, que amam o Meu Filho, e se dispõem a ser cumpridores e adoradores da vontade Divina.

Neste momento, a humanidade toma o seu rumo. Uns caminham em direção à Verdade Divina e outros ferem o Sacratíssimo Coração do Meu Filho, precipitando-se com sede para o pecado e para as suas inovações. O demónio, precisa roubar o vosso tempo, para que não reajam e mantenham a vossa mente ocupada, sonhando uma vida imaginária e, principalmente, para que não ouçam Jesus.

Estais aqui presentes neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, sob a proteção do Pai Criador, que vos ama, e vos proporciona a felicidade de estar com Jesus, que é Misericórdia para o mundo e com o Espírito Santo, que vos santifica, que vos restaura, que edifica e vos dá a Luz no meio de tantas escuridões, trevas, pecados e sofrimentos. Ele faz com que possais ser de facto criaturas iluminadas e assim, poderdes também iluminar este mundo através da vossa sabedoria, humildade e fé.

Neste momento ides escutar a Palavra de Deus. A Palavra de Deus é o maior Alimento Espiritual que tendes. Jesus Cristo é o Sublime Alimento. É ele que vos conduz a Jesus e à Sua Santa Palavra. Ele, com Palavras, tomou nas Suas mãos o pão e o vinho e os transformou no Seu Corpo e Sangue. O seu objetivo era a Salvação de toda a humanidade.

Hoje, este mistério, Obra do Amor de Deus, continua sendo realizado no meio de vós através das mãos santas daqueles a quem é concedida a graça de ser instrumento das mãos de Jesus. Não podeis esquecer jamais, que de todos os momentos da Santa Missa, a Santa Eucaristia é o momento da Consagração, da transformação, é o momento em que Jesus está presente na vida do sacerdote, para que o alimento maior- Jesus Cristo, chegue aos vossos corações.

Meus filhos, há falta de sabedoria, há falta de discernimento. Estais vivendo mais para a terra do que para Deus. Chegará o momento em que a a carne vai ter um fim, mas a vossa alma não! Se a vossa alma não estiver em Deus, como é que vai entrar no Céu? Ou mesmo, no Purgatório, para depois receber esse Céu? Meus filhos, deveis silenciar e refletir… seria muito fácil se vós fosseis só forma, mas a forma só por si, não teria vida. Por mais que a vossa carne pareça estar cheia de vida, faltar-vos- ias o sopro de Deus. Vós louvais e orais. Isso acontece porque tendes em vós o sopro da vida divina. Quando Deus criou o ser humano, primeiro Ele fez a forma, e depois Ele deu-lhe o sopro da vida. Foi quando recebestes o grande mistério da vida.

Vós tendes em vós, esse sopro de Deus e a vossa vida é para Deus. Pertenceis Àquele que vos deu a vida. Deus criou-vos por amor, mas o ser humano foi influenciado pela perturbação do demónio. O demónio é aquele que quis ser maior do que Deus, quis poder mais do que Deus. Não quis ser simplesmente obra do Criador. É por isso que vedes esse mal sobre o mundo. Não conseguis explicar isso e interrogai-vos. Por que Deus, que criou tantas coisas bonitas para nós, permite este mal? O mal poderá rodear o bem mas nunca o tocará. O CRIADOR, Deus Pai, Filho, e Espírito Santo, são o contrário daquilo que é o perturbador. O demónio é o perturbador. Vai perturbando o ser humano, para que ele também queira ser mais do que Deus. Ilude a criatura, e isso acontece ainda hoje. Acontece quando aqui chegais a este lugar Sagrado, Corgo da Igreja. Quantas vezes sois tomados por perturbações fortíssimas e vos deixais levar por pensamentos vagos, destrutivos… Quando estais nesse estado, não conseguis olhar para uma criatura e ver nela a beleza da sua alma, nem do seu coração. Vedes apenas coisas ruins, porque o demónio vos perturba. Filhinhos queridos, tendes que começar a ver o lado bom das criaturas. Deus quis o melhor para vós. Ele quis que esta terra fosse um paraíso para vós. Mas este paraíso é atacado pelo veneno do mal, pela ira do mal. A maldade influenciou a criatura. Foi por isso que Jesus disse: “se vós não zelardes pela vossa alma, a maldade que nela se vai impregnando poderá até matar um ser humano”

O mundo não está bem. A situação é a de finais de tempo. O que é o final dos tempos? Não é o fim do mundo! Deus na verdade, não quer acabar com aquilo que Ele fez. Ele quer acabar com aquilo que hoje quer acabar convosco, a maldade, o veneno, as armadilhas e o próprio demónio.

Queridos filhos, Jesus Cristo hoje falou ao vosso coração. Cada um deve sentir a preciosidade da presença de Deus na sua vida. É um chamamento à conversão. É tempo! É tempo de se converterem. Convertei-vos filhos, não espereis mais. Se de repente, o Céu olhar para vós e disser:

– É hoje, é a vossa hora, é o vosso momento, estai preparados. Não permitais que o veneno do mal, vos tire a maior riqueza da vida, a Vida Eterna.

Ao terminar esta minha mensagem, vou deixar-vos mais uma vez o Meu Apelo veemente. Convertei-vos, convertei-vos, convertei-vos, … o quanto antes e rapidamente. O tempo em que viveis, é muito sério. Há muito terror no vosso mundo, tristeza, lágrimas e guerras. É triste, para Mim, saber que estais à beira de um desastre gravíssimo, se não abandonardes esses pecados que são barbaramente praticados no mundo e que bradam ao Céu. Não, Meus filhos, isto não quer dizer que Deus não é Misericordioso. Ele está sendo muito Bom e Misericordiosíssimo, para toda a humanidade, apesar de tantos pecados graves.

Meus filhinhos queridos, que esta mensagem toque os corações de todos, no mundo inteiro, principalmente os dos governantes das grandes nações. Deste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, abençoo-vos. Abençoo os Meus filhos portugueses e os do mundo inteiro. Retornai às vossas casas. Dou-vos a Minha Força e a minha Bênção, que Deus Pai, Filho e Divino Espírito Santo vos abençoem e vos guardem. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 


ORAÇÃO do dia 1 de Outubro de 2017

Fica sempre algum perfume nas mãos de quem oferece rosas. Dar, é criar um vazio nas mãos de quem oferece, mas que inunda a pessoa de bênçãos e recompensas divinas, porque é dando que se recebe. No fim de uma vida de tantas dádivas caridosas perceberá que, longe de ficar mais pobre, os seus bens materiais, mentais e espirituais cresceram admiravelmente. O segredo é saber que todos os gestos, qualquer ação, todas as palavras, produzem um círculo de auto realimentação. O bom gesto, a boa ação e a boa palavra retornam carregadas de mais benefícios. É a Lei do Bem.

Como disse o rei Salomão, o grande Sábio do Velho Testamento: “Quem dá deliberadamente vê acrescentado para si mais e mais”.

Assim seja, Ámen.

 



Mensagem do dia 5 de Novembro de 2017

Meus filhinhos queridos, é com grande alegria, com imenso carinho e amor, que estou aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

Estou muito feliz por poder estar aqui, vivenciando este momento de oração e paz, em que comtemplais cada mistério com louvor e alegria. É tempo de orar e vigiar. É a grande missão de todos vós, da Mãe do Céu e de todos os filhos de Deus. Viveis tempos confusos… Senti-vos angustiados… Guardais em vós um sofrimento interior. Gostaria, que aqueles de vós, aqui presentes, que carregais uma cruz de amor à família, e desejais resgatar os vossos filhos, que tanto amais e para os quais só desejais o bem e a paz, neste momento, parai e refleti. Gostaria que pensassem naquelas almas que mais desejam ver curadas e resgatadas. Será que essas almas desejam esse resgate? Recordai-vos também que Deus concedeu a todos o livre arbítrio. Isto, porque às vezes Jesus nos diz: “Quando se trabalha uma terra que não está a produzir frutos, o agricultor vai procurar outra terra, que possa ser produtiva”. A missão de todos vós não é trabalhar aquela terra que não quer produzir frutos. Por isso é que Jesus vos diz; “Orai e vigiai”. Tendes o dever de fazer a vossa parte.

Meus filhos, o plano de Deus acontece nos corações daqueles que o desejam. Deus não vos obriga a nada. Tendes liberdade para estar aqui ou não, em oração, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

Como pretendeis vencer o inimigo, se não orardes, se não doardes tempo às coisas de Deus?… Tendes tempo para tudo… mas não tendes tempo para Deus? Esta é a reflexão, que vos recomendo nesta mensagem. Neste mês, em que dedicais um dia muito especial, a Todos os Santos, a Todas as Almas Santas, é necessário que abrais o vosso coração e comeceis a pensar na vossa alma. Como está ela? Se, hoje, Jesus viesse, estaria pronta para enxergá-Lo? Ele pode vir de várias maneiras, de várias formas, mas, somente os de coração puro O enxergarão…

Meus filhos, parai por um minuto e pensai:

– Como está o vosso Portugal e o mundo? Será que a justiça prevalece sempre em todas as situações… Ou será que, hoje, o que domina é a ganância, a cobiça, o querer ser sempre superior? Para quem acha que está mais alto, saiba que, na verdade, nunca esteve tão baixo. Isto porque, lá no interior do coração, aquela alma sabe que está mal, está sofrendo, não está fazendo o bem. Tendes a noção de como são aqueles que só querem privilégios, só querem benefícios, só grandiosidades e a exaltação dos seus nomes…

Jesus, quando evangelizava, mostrava o que é fazer o bem. Jesus falava daqueles que faziam o bem. E, mesmo próximo à Sua morte, na Cruz, ele se compadecia de todos, pensando para si… Ah! como sofrem! Como choram… Como sentem os desafios, as batalhas… Como carregam uma cruz pesadíssima… mesmo só procurando o bem, interiormente, estão sempre sofrendo as batalhas, as perseguições. Mas tudo isso, nas suas vidas são graça e bênçãos de Deus. Assim foi na vida dos Santos. Todo o bem que faziam, Deus retribuía em abundância, para que pudessem fazer mais. A grande missão dos Santos não foi pensar neles, mas pensar no próximo. Quanto mais ajudavam os doentes, os desabrigados mais se santificavam.

E, nos tempos de hoje, também temos criaturas que são como os Santos. Vivem com o propósito de fazer o bem, mesmo que sofram com isso, que sejam criticados, perseguidos, mas sabem que estão carregando a sua cruz com paciência e amor. Estão dedicando a Deus os momentos das suas vidas em que poderiam estar descansando, mas estão ao serviço, da comunidade, dialogando, ensinando a refletir, mostrando o Caminho do bem, o Caminho de Deus, da Paz e do Amor.

Estão a mostrar que os joelhos precisam se dobrar para orar a Deus. Hoje, convido-vos a uma vida mais serena. Falo-vos de Jesus na brisa mansa, porque Cristo quer ser a “brisa mansa” em vós. Cristo quer livrá-los do barulho do perseguidor, que são as tentações e ciladas do demónio. O que quero para vós  é  a Paz. Quero que estejais em estado de graça. Mas sabei, que a cada um será cobrado. Se não quiserdes produzir, não penseis que Jesus ficará o tempo todo tentando plantar nas vossas vidas. NÃO! Chegará o momento em que Jesus irá para outra “terra”(*). Isto, porque existem muitas “terras” que querem ser produzidas. Depende do seu amor e do seu “Sim”. Jesus não ficará o tempo todo sendo a Misericórdia Infinita, plantando numa “terra” que, apesar de todo o Seu esforço, não quer dar frutos.

Meus filhos, fazei hoje, esta reflexão: “Cada um colhe o que planta. E a “terra” que não quiser plantar o bem, não quiser plantar a paz, vai colher muitos sofrimentos”. Vós estais perto de grandes acontecimentos, vindos do Céu, para a terra, para o mundo.

O céu está cansado de ver tantos sofrimentos, tantas violências, tanto ego, tantas maldades que estão acontecendo. Maldades que estão sendo produzidas pelas próprias mãos dos homens. Quem está matando, ferindo e tirando a vida aos inocentes?

Meus filhos, é sempre bom fazerdes uma reflexão sobre isso. Nos finais dos tempos, o principal sofrimento será o espiritual. Talvez, a humanidade não esteja percebendo, mas o sofrimento está a aumentar. Revoltas, incompreensões, corações atribulados, que só conseguem pensar em coisas negativas, coisas más.

– Filhos começai a pensar em coisas boas. Começai a ver que, acima de tudo isso, há um Deus que cuida de vós, que é Pai, é Filho, e Espírito Santo. Começai a perceber isso! Não é ao mundo que tendes que agradar. É a DEUS, que vos ama. Deveis fazer o bem, meus filhos, sem olhar a quem.

Podereis pensar e interrogar-vos: Fazer o bem a quem não me quer bem? Mas, meus filhinhos, Jesus diz-nos; “ Faz o bem. Não olhes a quem”. Não vos preocupeis, se aquela alma, a quem vós estais fazendo o bem, ela é a alma que mais vos persegue, é a alma que mais vos humilha, e vos tenta prejudicar… Fazei-lhe o bem. O bem que fizerdes é o bem que recebereis. Deus está aqui, olhando para todos vós. Ele é a medida certa do bem que precisais receber desde que estejais dando.

Cada um de vós tem, certamente, um Santo da vossa devoção. Sabíeis que a vida dos santos se reflete nas almas que recebem o dom da Graça Plena? Aquelas Almas Santas foram instrumentos de Santidade na terra. Elas foram Santificadas porque cumpriram a missão de amar. Deus, convida-vos a amar e com todo o seu poder e com a Sua Misericórdia, está vindo até vós, mostrando-vos que tendes ainda uma esperança. E essa Esperança é Ele, Deus. Então, não vos subtraís ao Amor. Vale mais amar do que perseguir. Acreditai no Amor. Começai a amar os vossos irmãos. É tão bonito ter um coração cheio de amor. É tão bom refletir sobre quão grande é o poder de Deus. Ele é muito maior do que essa pequenez que o demónio quer lançar sobre o mundo, dividindo-vos.

Às vezes, os meus filhos, esquecem-se daquilo que mais Eu vos lembro: – muitas almas condenam-se e estão no inferno. É bom que vos lembreis disto, filhos. Por vezes, focai-vos apenas na Misericórdia e vos esqueceis da justiça de Deus. Meus filhos queridos, vou novamente repetir-vos: A humildade e o amor ao próximo são indispensáveis, pois quem não ama o próximo, não ama Deus.

Que nenhum de vós se considere superior ao outro, que aquele que se ache maior, procure ser o mais pequeno. Tem de haver espírito de humildade, de obediência e de caridade.

Termino esta mensagem, dizendo-vos que me agradaram muito as vossas orações. Elas consolaram muito o meu coração angustiado. Que esta mensagem toque também os corações dos filhos do mundo inteiro. Daqui deste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, abençoo os meus filhos portugueses e brasileiros e os de todo o mundo. Retornai às vossas casas. Dou-vos a Minha Força e a Minha Bênção. Que Deus Pai, Filho e Divino Espírito Santo vos abençoem e vos guardem. Ámen.

Até breve Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 

(*)  “terra” – metáfora de  homem

 

Notas informativas:

Neste dia um dos Arcanjos que sempre acompanham Nossa Senhora deu a comunhão Eucarística ao Irmão Fernando Pires.

O sol manifestou-se e pulsou emitindo raios coloridos.

 


Oração do dia 5 de Novembro de 2017

Meus irmãos e irmãs, muitos pensam que o Dia de Finados, é um dia triste, mas o real significado desse dia é prestar homenagem àqueles irmãos muito queridos, que já encontraram a vida eterna. É demonstrar-lhes que o amor que sentimos jamais morrerá. É recordar a sua memória com alegria.

Quem crê em Deus, deve acreditar que a vida não termina nunca. Quem falece vai viver em comunhão íntima com Deus, para sempre.

 A oração seguinte é para lembrar, homenagear e declarar a vossa saudade àqueles irmãos que já faleceram.

 

ORAÇÃO do dia 5 de Novembro de 2017

Ó Deus que pela morte e Ressurreição do vosso Filho Jesus Cristo, nos revelastes o enigma da morte, haveis acalmado as nossas angústias e haveis feito florescer a semente da Eternidade, que vós mesmo havíeis plantado em nós, concedei aos vossos filhos e filhas do mundo inteiro, já falecidos, a paz definitiva na Vossa presença. Enxugai as lágrimas dos nossos olhos e dai-nos a todos a alegria da esperança da Ressurreição prometida. Isto vos pedimos, por Jesus Cristo vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Que todos aqueles que buscaram o Senhor com o coração sincero e que morreram na esperança da Ressurreição descansem em paz, Ámen.

 



Mensagem do dia 3 de Dezembro de 2017

Meus filhos queridos, hoje trago comigo o Meu esposo São José, para vos dar uma pequena mensagem. Neste mês, vós comemorais a festa da Minha Imaculada Conceição. Caminhai cada dia na minha Luz, sendo dóceis às minha Mensagens, fazendo tudo aquilo que Eu vos tenho mandado, seguindo o caminho que todos os Santos seguiram, que é o caminho da renúncia de si mesmos, da renúncia ao mundo. Renunciai às falsas e ilusórias alegrias passageiras deste mundo, aceitai a humilhação, sede mansos, e fiéis ao Senhor, seguindo-Me pelo caminho da oração e da perfeição espiritual, procurando realizar a vontade, e assim, dar ao mundo um sinal, um testemunho da presença do Senhor e da Minha presença no meio de todos vós, principalmente no meio dos que vivem cheios de maldade, de ódio e em pecado.

Que a Graça do Senhor possa restaurar toda a humanidade e trazer novos Céus e uma nova terra para vós, uma terra de santidade, de graça e de amor, onde todos amarão Deus. Assim, o amor de Deus transformará o mundo num grande jardim de Graças e de Santidade.

Em vós e por meio de vós a Graça do Espírito Santo iluminará este mundo, envolto em trevas e fará que todos os corações, amoleçam, se abram a Deus e aceitem a Sua Graça Salvadora. Se concretizardes os meus pedidos, o Meu Coração agirá poderosamente por meio de vós, enchendo o mundo inteiro, com a Luz do Sagrado Coração do Meu Filho Jesus. O espírito das trevas, satanás, será esmagado debaixo dos meus pés Virginais e Imaculados.

Meus filhinhos queridos, este Lugar sagrado, Corgo da Igreja está sob a Luz da Minha Imaculada Conceição. Eu já vos mostrei alguns sinais desta Luz descendo do Céu sobre este lugar, porque aqui, verdadeiramente, Eu, Imaculada Conceição e Mãe da Bondade, sou amada, sou obedecida, sou seguida, sou glorificada pelos Meus filhos, mais dedicados e esforçados. Aqui, desde há anos, vós me seguis, me amais, rezais o Meu Rosário, cumpris com amor tudo o que Eu vos tenho pedido. Por tudo isto, aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, não Me canso nunca de derramar sobre vós, as graças eficazes da Minha Imaculada Conceição, purificando os vossos corpos, santificando as vossas almas, curando-vos de todas as feridas espirituais e corporais, que adquiristes ao longo da vida, para que possais gozar de uma perfeita saúde do corpo e da alma e para que possais ser os Meus espelhos vivos, onde Eu quero refletir cada vez mais a Minha Luz, com a minha presença, o Meu Amor e a Minha Pureza, Meus filhos, Sou a vencedora do pecado, a vencedora de satanás, e digo-vos:

– Em breve, pela Luz da Minha Imaculada Conceição, vou esmagar satanás uma segunda vez e desta vez, para sempre. Os meus filhos que gemem agora no meio de tantos sofrimentos, causados diretamente por ele ou por meio dos homens maus, que fazem parte do seu exército, finalmente, serão libertados e conhecerão um novo tempo de paz, que o Meu Coração Imaculado prepara cada dia, para todos os que me amam, todos aqueles que se mantêm, fielmente, junto de mim.

Meus filhos queridos, neste mês, vós também ides comemorar o nascimento do Menino Jesus. Para Mim o nascimento de Jesus é todos os meses, não é só uma data, não é só um mês, em que se faz uma simples novena e se ora. Natal, meus filhos, é colocar o Menino Jesus dentro de vós, é reacender essa chama, essa Luz que precisa brilhar.

Quando nos lembramos de Deus Menino, Deus Filho, que é o Cristo, temos de o fazer todos os meses. A lembrança do Menino Jesus deve trazer para as vossas vidas muita doçura. Ele é uma Ternura, é doce, e singelo. Transmite-nos uma grande simplicidade. Contudo, o mundo de hoje está sem ternura. As pessoas não são meigas e ternas, mas cheias de ira, de ódio e de rancor. O ser humano está agressivo, explodindo de agressividade. Porém, o Menino Jesus quer transmitir-vos essa Ternura, de que tanto precisais.

Vós estais à espera do Menino Jesus, e Cristo também vos espera. Jesus está sempre esperando por vós, esperando a vossa conversão. Este mês, meus filhos, é o mês de buscarem o perdão, e o adquirirem. É tempo de terdes um arrependimento sincero.

O que vos está magoando hoje? Não adianta apenas chegardes aqui, a este lugar, aos pés de Jesus, e por meu intermédio, pedirdes-lhe perdão. É preciso também trazerdes o vosso perdão.

Eu, meus filhos, quero colocar o mundo aos pés de Jesus, por isso, trago simbolicamente, o mundo aos meus pés. E os Seus, mostram-nos as pegadas que devem ser seguidas. As pegadas de Jesus precisam ser o testemunho da vossa Fé. Precisais caminhar sobre as pegadas de Jesus e ser famílias como Jesus quer que as famílias sejam – uma imagem e semelhança da Sagrada Família.

Ao recordarmos o nascimento do Menino Jesus, devemos pensar na Sagrada Família e interrogar-nos:

– Será que a minha família está sendo exemplo da Sagrada Família?

A ternura, a doçura e o afeto devem ser os aliados dos pais e das mães, na suas responsabilidades de amar, educar e catequizar os seus filhos. O mundo está mal porque as famílias são envolvidas pelo que não é bom. Há tanto mau exemplo que o respeito já não existe mais… A Catequese dos filhos não existe mais…

Este é o mês da grande espera. Jesus também espera uma mudança na vossa vida, espera a vossa conversão. Antes de terminar, São José transmite-vos uma pequena mensagem.

São José:

Meus filhos queridos, Eu José, desci hoje do Céu, com a minha esposa, para recordar-vos que deveis rezar todos os dias o Santo Rosário. Deveis seguir sempre a Minha Esposa, Maria e as Suas Mensagens. Hoje, vejo, como pai, que o mundo precisa de conversão! Por mais que a humanidade esteja hoje em oração, vivenciando a Eucaristia, ainda falta amor. Entre o Céu, que é o Bem, e o Mal está a travar-se uma guerra. Falta-vos piedade, sabedoria e autenticidade. Jesus deu a Fonte para quem precisar beber. Ele deu a Misericórdia para quem quiser aceitá-la. Ele não vai obrigar ninguém. Temos liberdade para escolher.

O que quereis para vós? A Misericórdia ou o Sofrimento? A Compaixão de Deus ou a Sua Justiça?

No silêncio dos vossos corações, vós tendes, hoje, que vos voltar para o Coração de Jesus. Vós tendes este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja e recebeis aqui mensagens vindas diretamente de Deus, por intermédio da minha esposa. Sabei que isso é milagre acontecendo nas vossas vidas.

Peço-vos mais confiança e entrega. Tenho o Meu Coração disponível, para os filhos que o busquem nas suas dores e alegrias. Vou deixar-vos uma Oração, para que, quando Me quiserdes pedir proteção, o façais com muita Fé, recitando-a.

 

ORAÇÃO (de S. José):

Ó glorioso São José, a quem foi dado o poder de tornar possível as coisas humanamente impossíveis, vinde em nosso auxílio, nas dificuldades em que nos encontramos. Tomai sob a vossa proteção a causa importante que vos confiamos, para que tenha uma solução favorável.

Ó Pai muito amado, em vós depositamos toda a nossa confiança. Que ninguém possa jamais dizer que vos invocámos em vão. Já que tudo podeis junto de Jesus e de Maria, mostrai-nos que a vossa bondade é igual ao vosso poder.

São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais Santa Família, nós vos pedimos:

– Sede, o protetor da nossa, e alcançai-nos a graça de vivermos e morrermos no amor de Jesus e Maria.

São José, rogai por nós, que recorremos a vós. Ámen.

 

Meus filhos não vou alongar-me mais, deixo-vos com a minha esposa que vos dará a Bênção:

Maria, Mãe da Bondade

Filhos, peço-vos de todo o Meu Coração que arde em chamas de amor, que vos converteis, que rezeis, e que aprendais a perdoar o próximo. Peço a proteção do Pai, do Filho e do Divino Espírito Santo para Portugal, para o mundo, e para este Lugar Sagrado, que é de Jesus Misericordioso. A todos abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

Até breve, Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

 


ORAÇÃO do dia 3 de Dezembro de 2017

Senhor, junto do Vosso Presépio peço-vos pela minha Família.

Abençoai as pessoas que amo onde quer que estejam.

Que dentro do nosso lar habite a confiança da Vossa Mãe, Maria; o zelo do vosso Pai, José, e a inocência do vosso rosto de criança.

Afugentai da nossa casa as dores, lágrimas e angústias causadas por tantos Herodes que lutam para matar os nossos sonhos de Paz.

Concedei-nos a saúde do corpo e da alma, para que possamos cantar os vossos louvores, cada dia deste novo ano que vai entrar.

Que as nossas portas estejam sempre abertas para Vós, nas visitas que  nos fizerdes, em tantos rostos sofridos.

Dai-nos a alegria da vossa presença no nosso lar, que   será  o maior de todos os presentes possíveis,

Abençoai a minha família neste Natal, Senhor.

Ámen.

 

 

 

 

 

 




Nota explicativa:

Esta aparição é apoiada no decreto da Congregação para a Propagação da Fé (AAS 58/16 de 29 de Dezembro de 1966, que defende os cânones 1399 e 2318, mercê da intervenção e aprovados por SS Paulo VI e publicados por sua vontade onde diz: “Autoriza–se a divulgar mesmo sem licença expressa da autoridade eclesiástica escritos referentes a novas aparições, revelações, visões, profecias e milagres, contando que se observe a moralidade Cristã em geral”. Ao publicar revelações, aparições ou quaisquer outras graças de Jesus e de Maria, bem como de Seus Anjos e Santos, este grupo de amigos da Nossa Senhora Mãe da Bondade, quer deste modo dar a oportunidade a todos os que desejam conhecer e estar informados, de tão maravilhosas manifestações do céu, na terra, segundo a liberdade e livre arbítrio de cada pessoa.


Lembramos a todos:

Lembramos a todos que o terreno do local das aparições é propriedade privada, embora ainda não esteja devidamente vedado, e é local de oração e devoção católica, por isso solicitamos às pessoas que respeitem o local e todos os presentes, reunidos em oração, sem interferir nas celebrações, e nos espaços envolventes que são privados.
Todos os que desejam se aproximar no Coração de JESUS e de MARIA, são bem vindos, mas haja silêncio e respeito, e roupas adequadas sem provocações, como o pediu a Nossa Senhora.

Procurar

PortugalSpainFrenchEnglish